Narrativas Marginales - Panorama VI | Centro de Exposiciones Subte Municipal | Montevidéu, Uruguai | 2017

Curadoria: Manuel Neves

 

Entre a aldeia e o global, entre o politico e o cultural, entre a erudição e a frivolidade, entre a influência e a omisão, entre a nostalgia e a amnésia.

A arte contemporânea uruguaia, em seu projeto amorfo e contraditório, parece projetar uma temperatura próxima a uma “uruguayez”, tanto em sua ambiguidade e ansiedade, uma vizindade global.

Este projeto curatorial, por meio de uma seleção (arbitrária e também objetiva) de artistas (integrantes de pelo menos três gerações) e de obras, procura projetar a idéia de uma condição narrativa que percorre a última década da escena artística vernacular.

Manuel Neves

A Direção do Vento Predominante é o título de uma série de desenhos em carvão sobre papel realizados a partir de 2010. 

Em estas obras sugiro visitas ou momentos neutros de observação e contemplação sobre dominantes figuras arquitetônicas. As imagens nos podem levar, ou não, a um campo mais profundo de observação por meio de fugas e perspectivas que nos permitam alcançar leituras mais avançadas. Conceitos de aridez, solidão, bem-estar, sendas e silencios, estão presentes por meio de vazios metafóricos. Depois de um primeiro plano plástico talvez existam outras superficies e paradoxos a investigar… Um bosque sem árvores… E depois…

Victor Lema Riqué

Catálogo